Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias da Zona Sorocabana
  www.sinfer.org.br - Seja bem-vindo! Hoje é segunda-feira, 24 de novembro de 2014  
 
Página incial
 
 
       Nossa história
       Palavra do Presidente
       Conheça a diretoria
       Sindicalize-se
       Convênios
       Departamento Jurídico
       Acordos coletivos
       Legislação
       Jornal on-line
       Últimas notícias
       Alertas importantes
       Artigos
       Colônia de férias
       Galeria de fotos
       Notícias jurídicas
       Fale com o Sindicato
       Causos da Ferrovia

Enquete





Aguardando novas enquetes





Assine nossa Newsletter
 
   Informe o seu nome:
 
   Informe o seu e-mail:
 


Chegada do Metrô na região anima 70% dos comerciantes
Publicado: sábado, 23 de novembro de 2013
Para o professor de Economia da Metodista Sandro Maskio, o Metrô trará grande oportunidade, e os comerciantes precisam se antecipar.

Renato Gerbelli | Especial para o Diário

As cidades do Grande ABC já projetam o impacto que a Linha 18-Bronze do Metrô, monotrilho que ligará a Capital a São Bernardo, passando também por São Caetano e Santo André em 2018. vai trazer aos comércios da região. Pesquisa realizada pela Educa, empresa da Universidade Metodista de São Paulo, a pedido da Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC, mostra que 70% dos lojistas esperam crescimento de seus negócios com a chegada do Metrô. Reforçam a perspectiva positiva a atração de consumidores, competitividade dos estabelecimentos e diversificação dos produtos.

Ao mesmo tempo, o levantamento apresenta dado preocupante: 65,7% dos consumidores disseram estar dispostos a ampliar a frequência que realizam compras na Capital. Em 2009, com o início das operações da Estação Tamanduateí, a mais próxima da região, 30% das pessoas afirmaram ter aumentado o hábito de consumir em São Paulo.

Segundo o secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC, Giovanni Rocco Neto, o objetivo é, primeiro, fazer com que os consumidores da região não migrem para a Capital. “O cliente vai para São Paulo buscando liquidação. preço e variedade. Se tivermos isso aqui, aquele comprador corriqueiro vai pesquisar e não vai para a Capital”, afirmou.

Para o professor de Economia da Metodista Sandro Maskio, o Metrô trará grande oportunidade, e os comerciantes precisam se antecipar. “É importante se preparar para enfrentar ambiente de maior competição e diversificação de estabelecimentos. Então, os empreendedores devem oferecer estrutura que faça frente à essa nova realidade que deve assumir o comércio”, disse.

Já as perspectivas do presidente da Aciscs (Associação Comercial e Industrial de São Caetano), Mauro Vincenzi Laranjeira, ainda são incertas. “O impacto para o comércio em São Caetano é preocupante. Precisamos manter nosso consumidor e tentar atrair outros para a cidade. Nosso atrativo não é o preço, mas a qualidade do produto. Temos que oferecer ainda maneira de chegar aos centros comerciais da cidade, que ficam longe das estações”, declarou, preocupado. “Sem dúvida também serão formados novos centros comerciais perto das estações. E São Caetano terá cinco. É um ótimo número”, reconheceu Laranjeira.

Outro ponto a ser explorado com a chegada do Metrô no Grande ABC é a atração dos paulistanos, que já estão próximos dos principais pontos de comércio, como a Rua 25 de Março e o Brás. “Com o incentivo do turismo na região, teremos atrativo para trazer pessoas diferentes e fazê-las consumir aqui. No caso dos lugares mais afastados das estações, como a Rota dos Restaurantes e a Represa Billings, em São Bernardo, a ideia é a Prefeitura criar linhas específicas (de ônibus) para levar os turistas”, destacou Rocco.

Fonte: Diário do Grande ABC
 
    Envie esta notícia para um amigo        Versão para impressão 

 
Todas as notícias  
 Exibir   
23/11/2014  Burocracia trava obra do metrô  
22/11/2014  Estação da Luz recebe ação voltada à inclusão digital da terceira idade
21/11/2014  MRS tem projeto enquadrado para emissão de debêntures de infraestrutura
20/11/2014  Por transtornos com VLT, governador e secretário são acionados na Justiça  
20/11/2014  Santos e São Vicente fecham acordo para integrar a frota municipal e o VLT  
19/11/2014  Obra do VLT Parangaba-Mucuripe terá nova licitação em dezembro
19/11/2014  VLI bate recorde de transporte de combustível
18/11/2014  Evento marca lançamento do Museu do Ferroviário  
17/11/2014  Passageiros testam trem que levita e atinge 500 km/h no Japão  
17/11/2014  Trem regional já preocupa prefeitos  
17/11/2014  Prédio da estação ferroviária de Mairinque passa por restauração  
17/11/2014  Divinópolis recebe máquina que amplia vida útil das linhas férreas  
16/11/2014  Prefeitos ameaçam parar obra da Transnordestina  
16/11/2014  Alunos de São Vicente participarão de passeio do VLT na próxima terça (18)  
15/11/2014  EPL vai contratar consultoria técnica para projetos do PIL
15/11/2014  Eurostar celebra 20 anos  
15/11/2014  Mairinque oficializa criação do Museu do Ferroviário Municipal  
14/11/2014  Açúcar derrubado por trem da ALL provoca desastre ambiental  
14/11/2014  CPTM abre inscrições para 64 vagas de Aluno Aprendiz  
14/11/2014  Após 35 anos, Veículo Leve sobre Trilhos poderá chegar a Viçosa  
14/11/2014  Catanduvenses Perdem 3,5 horas por dia com Passagem de Trens  
14/11/2014  Com descarrilamentos na ALL, retirada de trilhos das cidades volta ser debatida  
13/11/2014  ViaQuatro terá reequilíbrio por atraso de estações  
13/11/2014  VLI vai ampliar linhas do terminal de Santos  
13/11/2014  Nova ferrovia no PR vai para o fim da fila
12/11/2014  Incêndio em armazém em terminal ferroviário da ALL assusta caminhoneiros  
12/11/2014  Crianças participam de projeto cultural dentro de vagão em cidade de MT  
12/11/2014  Em 20 anos, Brasil terá um carro para cada 2,4 pessoas, prevê Anfavea  
12/11/2014  Políticas devem desestimular o uso de carro particular
12/11/2014  Ministro destaca novo momento das ferrovias  

  [ 1 2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14  15  16  17  ]  Próxima »

     Produzido por: PROCEDI Sistemas
S.T.E.F.Z.S. - SEDE: Praça Padroeira do Brasil, 127 - Jd Agú - Osasco - SP - CEP:06010-090 - Telefone: 011-3682-9303